Dentre os principais campeonatos europeus, o Alemão foi o último a se constituir como uma liga nacional. A Bundesliga, primeira divisão unificada e podendo contar com clubes de qualquer parte da antiga Alemanha Ocidental, foi criada apenas em 1963/64. Antes disso, o torneio fundado em 1903 sempre contou com fases regionalizadas, até definir o seu campeão a partir dos confrontos entre os melhores times regionais. Além disso, a “pré-história” da competição contou com os diferentes formatos ao longo das décadas – incluindo mata-matas e fases de grupos.

VEJA TAMBÉM: Um guia das torcidas da Bundesliga

A demora para o surgimento da Bundesliga se explica um bocado pela conturbada história da Alemanha durante a primeira metade do Século XX. Um país que esteve no centro dos embates em duas guerras mundiais e que sofreu com a devastação de ambas as derrotas. Que, além disso, viu o seu mapa passar por seguidas transformações conforme as conquistas de seus militares e as partilhas de seus espólios. Algo que se reconta através do próprio Campeonato Alemão.

Abaixo, preparamos um mapa com todos os participantes da história do torneio. Para facilitar o entendimento, dividimos em duas partes: os 54 clubes que já disputaram a Bundesliga (1963-2016) e os 174 que fizeram parte do antigo formato. Algumas equipes são mencionadas por duas vezes, caso tenham participado das duas fases, com títulos e temporadas separados conforme o momento. Como não havia presença garantida de um ano para o outro, a rotatividade de times era bem maior entre 1903 e 1963.

VEJA TAMBÉM: A liga de futebol que dava esperança aos judeus durante o Holocausto

O antigo Campeonato Alemão chegou a se distribuir por territórios que, atualmente, pertencem a sete países diferentes: Polônia, República Tcheca, França, Luxemburgo, Rússia e Áustria, além da própria Alemanha. Curiosamente, a primeira edição contou com a presença de um representante estrangeiro. Composto por judeus alemães que viviam no Império Austro-Húngaro, o Deutscher Praga ganhou permissão especial da federação alemã, algo que não se repetiu nos anos seguintes. Depois disso, o torneio acompanhou os limites do território, ainda que no começo se limitasse às principais cidades. É interessante notar, por exemplo, a importância do futebol de Berlim nas primeiras décadas, algo que se perdeu principalmente após a divisão da cidade em 1945 – um entrave logístico especialmente para o lado ocidental, como explicamos neste especial.

alemanha

Até a derrota na Primeira Guerra Mundial, o Império Alemão compunha uma extensão única, de territórios hoje pertencentes à França até a fronteira com a Lituânia. O Tratado de Versalhes, em 1919, distribuiu partes do país a outras oito nações da época. Mesmo assim, a República de Weimar (estado posterior dos germânicos, que durou até a ascensão do Terceiro Reich, em 1933) possuía um território bem maior do que a atual Alemanha. Era comum a participação de clubes de regiões hoje pertencentes a Polônia (Pomerânia e Silésia) e a Rússia (Prússia Oriental), que enviavam os seus representantes à fase final do campeonato nacional.

Com a tomada do poder pelos nazistas em 1933, o Campeonato Alemão também entrou nos planos da expansão territorial e reconquista de regiões perdidas após o Tratado de Versalhes. Os clubes austríacos foram anexados junto com o seu país e mantiveram a identidade, com o Rapid Viena chegando ao título em 1941. Já em outras regiões, tornou-se comum os organismos estatais nazistas formarem as equipes locais – algo recorrente na Polônia, na República Tcheca e na França. Existiram times da polícia, da força aérea, do exército e até mesmo da temida SS, todos extintos com a derrota de Hitler.

O fim da Segunda Guerra Mundial redesenhou o mapa da Alemanha, que perdeu territórios e foi dividida entre os aliados. O mesmo aconteceu com o Campeonato Alemão. Do lado ocidental, se concentravam os principais clubes e, em 1963, se criou a Bundesliga. Já do lado oriental, a antiga Oberliga se centrava a partir das instituições do regime comunista, com os times apadrinhados pelo sistema. O torneio durou até 1991, quando acabou absorvido pela Bundesliga após a queda do Muro de Berlim e a reunificação do país. No mapa abaixo, destrinchamos a história do Campeonato Alemão considerando apenas o lado ocidental entre 1945 a 1991, como se traça no próprio histórico da Bundesliga – para conhecer o passado da DDR-Oberliga, vale conferir este outro artigo, com o mapa já atualizado em 2016/17.

Instruções de uso

A cada equipe, relacionamos o número de participações, de títulos e o paradeiro na atual temporada. A localização preza pelo atual estádio ou, no caso do antigo campeonato, pelo campo usado na época. Ainda assim, não foi possível determinar as casas de todos os participantes – especialmente em territórios hoje pertencentes a outros países, nestes casos apontados no principal estádio da cidade. Alguns escudos estão sobrepostos, por isso é preciso aproximar para visualizá-los melhor. Ah, caso você tenha passado batido no trecho acima, alguns clubes estão repetidos mesmo, por conta da diferenciação do campeonato antes e depois de 1963. E o mais importante: viaje e divirta-se.

MAIS MAPAS

– Desbrave o futebol espanhol neste mapa com todos os clubes da história de La Liga

– Viaje pela Itália neste mapa interativo com todos os participantes da história da Serie A

– Todos os clubes na ativa que já passaram pelas quatro divisões profissionais do Inglês

– Todos os participantes da história do Campeonato Português

– Viaje no tempo neste mapa com todos os clubes que disputaram o antigo Campeonato Soviético

– 25 anos depois da reunificação da Alemanha, onde estão os clubes orientais?

– Na semana de abertura da Super League e da MLS, explore mapas do futebol na China e nos EUA

– Desbrave a Europa neste mapa interativo com todos os times da história da Champions

– Desbrave as Américas neste mapa com os 202 clubes que já disputaram a Libertadores