Poucos lugares no mundo possuem o simbolismo da Avenida Champs-Élysées, em Paris. O cartão-postal da cidade desemboca no imponente Arco do Triunfo, monumento construído a partir de 1806 e concluído três décadas depois, para comemorar as vitórias militares de Napoleão Bonaparte. Nos últimos 20 anos, no entanto, além de atrair milhões de turistas, o local serve de ponto de encontro para comemorar as conquistas da seleção francesa. Após o título em 1998, já tinha sido palco de uma erupção popular, com dezenas de milhares de pessoas em transe pelo feito inédito. Uma cena que voltou a se repetir nas últimas horas.

Primeiro, logo depois da vitória sobre a Croácia na final. Uma multidão se reuniu na Champs-Élysées para acompanhar o jogo e permaneceu para festejar o bicampeonato – uma celebração bonita, mas que também deixou cenas de vandalismo. Já nesta segunda, os franceses recepcionaram seus heróis na volta triunfante da Rússia – aquilo que Napoleão não conseguiu, aliás. O elenco e a comissão técnica foram recebidos pelo presidente Emmanuel Macron na sede do governo e também desfilaram em cima de um ônibus pelas ruas parisienses, atravessando a Champs-Élysees em meio ao mar de gente.

A comemoração deixou um punhado de belas imagens. Abaixo, uma série de fotografias, além de alguns vídeos: