A camisa da Inglaterra para 2018 trará os três principais símbolos da nação: a rosa, a cruz de São Jorge e o escudo Three Lions, da federação de futebol inglesa, a mais antiga do mundo. O uniforme trará as cores tradicionais do uniforme inglês: o branco, o vermelho e o azul. E estamos falando do uniforme realmente tradicional inglês. O uniforme titular terá camisas brancas com detalhes em vermelho e calções azuis. Muitos torcedores pelo mundo reclamam de uniformes “monocromáticos”, com uma mesma cor para camisa e calções. Ao menos o uniforme da Inglaterra não será assim e resgata a combinação clássica de camisas brancas e calções azuis.

LEIA TAMBÉM: Rooney: “Harry Kane é o melhor atacante da Europa no momento”

A cruz de São Jorge, que é muito usada como símbolo pelos torcedores que viajam para assistir aos jogos, estará na parte de trás da camisa, na área do pescoço, tanto na camisa titular, branca, quanto na reserva, vermelha. Haverá também uma pequena rosa, que faz referência à rosa que enfeita a boina recebida pelos jogadores que são convocados a representar a Inglaterra (vem daí o termo “cap”, ou boina, usado para falar sobre o número de jogos pela seleção inglesa). A rosa estará na parte de dentro da camisa.

Segundo a Nike, a fonte usada para os nomes dos jogadores serão Nohnston e Gil Sans, ambas tipicamente inglesas (a primeira usada em transportes urbanos terrestres e a segunda usada pelo metrô de Londres). Os números terão um sistema para não grudarem, já que os jogadores reclamaram que a aplicação do número do modelo anterior grudava nas costas em situações de calor extremo. Além disso, o número foi levado a parte superior direita da frente da camisa, em vez de no centro, como era antes.

A Nike ainda diz que um dos pontos centrais para o desenvolvimento da camisa foi criar algo que fosse tipicamente inglês e permitisse uma identificação do país pelo uniforme. “Nosso objetivo era criar uma série de produtos que mesmo sem um escudo da Inglaterra ou o símbolo da Nike fosse instantaneamente identificado como uma coleção inglesa. Essa identidade clássica, com aparência moderna, é imperativa em toda coleção”, diz Pete Hoppins, diretor de design de roupas da Nike Football.

Tanto na camisa principal quanto na reserva, a cruz de São Jorge fica como um plano de fundo. Além das camisas de jogo, foram produzidas camisetas, agasalhos, camisas de treino e de viagem. Os uniformes serão vestidos pelos times masculino e feminino.

Veja as fotos: