Após a confusão da partida disputada em 3 de setembro, Uzbequistão e Bahrein entram em campo para começar do zero a decisão da repescagem asiática, em Tashkent. O jogo de volta será no dia 12, em Manama. O vencedor enfrentará o quarto colocado das eliminatórias da Concacaf para definir uma vaga para a Copa.

A primeira partida entre as duas seleções foi anulada pela Fifa. Na ocasião, o árbitro Toshimitsu Yoshida cometeu um erro grave. O Uzbequistão vencia por 1 a 0 quando teve um pênalti marcado a seu favor no final do primeiro tempo.

Server Djeparov cobrou e ampliou, mas Yoshida invalidou o lance. O árbitro alegou invasão da área por um dos companheiros do jogador. Em vez de mandar voltar a cobrança, o juiz marcou falta para o Bahrein. E o jogo seguiu normalmente, apesar dos protestos uzbeques.