Os confrontos PSV x Standard, Club Brugge x Ajax e Feyenoord x Anderlecht seriam decisivos para o título do campeonato “belga-holandês”. A sugestão de fundir os dois campeonatos nacionais partiu de Marco van Basten.

“Penso que Holanda e Bélgica deveriam organizar conjuntamente uma única competição. Desta maneira, poderíamos concorrer com mais chances com grandes países como Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França, nos quais o dinheiro corre”, afirmou o treinador da Oranje.

Para Van Basten, a idéia também seguraria alguns jogadores. “Os grandes países nos sugam demais. Na época na qual jogava [fim dos anos 80 e começo dos 90], havia cinco atletas que estavam no exterior. Hoje, há cinqüenta, e isso não e bom”, analisou.