Ir a um jogo da seleção holandesa é algo que todo fanático por futebol deveria experimentar ao menos uma vez na vida – e, felizmente, a Copa do Mundo ofereceu sete oportunidades aos brasileiros em 2014. Aquele laranja, tão chamativo do outro lado da tela, realmente prende os olhos quando visto de perto. Todos eles vestem a cor, e não só em camisas, mas incontáveis fantasias. Cantam a todo instante e exalam uma felicidade inerente ao futebol. É como se o carnaval deles acontecesse todas as vezes que a seleção se reúne. E aconteceu muitas vezes nas últimas semanas, arrastando uma multidão durante a Eurocopa Feminina. Que, neste domingo, premiou a Oranje com mais uma micareta gigantesca graças à presença na decisão e ao título inédito entre as mulheres.

VEJA TAMBÉM: Holanda supera a fronteira final: é campeã da Euro feminina

A mobilização dos holandeses com as Leoas foi imensa, durante toda a campanha. Já a final, em Enschede, lotou as arquibancadas do Estádio De Grolsch Veste com público recorde ao futebol feminino no país. Mas não foi só isso. Se o estádio fosse maior, encheria mais. Pelas ruas da cidade, a massa laranja cantava e dançava. Em outros cantos, várias ‘fan fests’ aconteceram para que o público se reunisse e celebrasse junto. Vibração que se potencializou graças ao jogaço na decisão contra a Dinamarca, que acabou por condecorar a Holanda. Cenas para ficarem impregnadas na memória de uma das torcidas mais legais do futebol.