O resultado final do jogo entre Atlético de Madrid e Barcelona foi decepcionante. O placar zerado deixou as equipes com invejáveis 50 pontos ao final do primeiro turno, mas exibindo um futebol que estivesse longe de justificar campanhas tão imponentes. Porém, se dentro de campo o que se viu no Vicente Calderón decepcionou, ao redor os torcedores colchoneros fizeram valer o ingresso. Os alvirrubros não se calaram por um momento sequer, dando ainda mais razões para aqueles que os defendem como torcida mais apaixonada da Espanha.

Antes de a bola começar a rolar, a torcida realizou um belo mosaico no setor sul das arquibancadas. Papéis picados em vermelho e branco para colorir o estádio, além de um bandeirão para tentar intimidar o Barcelona. Já durante os 90 minutos, os 50 mil rojiblancos empurraram sua equipe e ajudaram a botar pressão sobre o Barcelona, que mal conseguiu passar pela muralha defensiva montada por Diego Simeone.

Se o Atlético possui uma campanha tão impressionante em La Liga, deve muito aos seus torcedores. Em casa, o time havia vencido seus nove compromissos anteriores, com 33 gols marcados e apenas seis sofridos. Não à toa, o clube alcançou a quarta melhor campanha da história do Campeonato Espanhol em um primeiro turno, atrás apenas de outros três registros do Barcelona. Um prêmio para os colchoneros tirarem uma onda com seus rivais do Real Madrid, que nunca tiveram uma arrancada tão boa na liga.


Uma resposta para “O fanatismo da torcida do Atlético compensou a frustração pelo empate”

  1. Anderson Argoitia Spasic Nunes disse:

    Atlético, Sevilla e as equipes bascas são as que detém os torcedores mais apaixonados nas arquibancadas!

Deixe uma resposta