A Copa América de Colômbia e Estados Unidos foi apenas razoável e os dois times fecharam a participação com um jogo de um só gol. Os colombianos levaram a melhores sobre os americanos, graças a um gol de Carlos Bacca. A atuação americana foi muito melhor do que a da semifinal contra a Argentina, quando foram atropelados. Pararam, porém, em uma Colômbia um pouco melhor.

LEIA TAMBÉM: A Suíça está fora, mas o golaço de Shaqiri é para concorrer a melhor da Euro

Os americanos criaram boas chances, especialmente com Clint Dempsey e com Bobby Wood. Em uma delas, Dempsey cobrou uma falta com precisão, no ângulo, mas o goleiro David Ospina fez uma grande defesa e impediu o empate. Wood acertou uma bola na trave, perdendo uma chance de igualar o marcador.

Contra a Argentina, os Estados Unidos não acertaram um só chute a gol. Desta vez, porém, o time chutou 11 vezes e dois foram ao gol. Na Colômbia, foram 13 chutes, com três deles acertando o alvo. A posse de bola foi muito próxima entre as duas equipes (51% a 49% para os colombianos).

Os dois times se despedem do torneio com a sensação que poderiam ter feito mais. Os americanos não conseguiram superar nenhum grande adversário e apresentaram um futebol ainda longe do que se espera. Já os colombianos não mostraram o talento que têm.

Veja o gol de Bacca e a defesa de Ospina em chute de Depsey: