Spain Soccer La Liga

Os 69 gols de Cristiano Ronaldo, o maior artilheiro do mundo em 2013

Cristiano Ronaldo viveu um ano espetacular. Faltaram títulos que engrandecessem as atuações do camisa 7, mas não gols. Foram 69 ao longo dos últimos 12 meses, mais do que qualquer outro jogador no mundo em partidas oficiais. E não teve crítica de Sepp Blatter que abalasse o artilheiro. O craque carregou o Real Madrid e a seleção portuguesa nas costas em vários momentos de 2013. O prêmio maior foi a conquista da classificação para a Copa do Mundo, graças a uma atuação histórica. Outro que ainda pode vir é a Bola de Ouro, a segunda de sua carreira.

A conta CR7 foi encerrada neste domingo, no Estádio Mestalla. Marcou o segundo gol do Real Madrid na vitória por 3 a 2 sobre o Valencia. Com a pausa de inverno na Espanha, o atacante não entra mais em campo neste ano. É difícil acreditar que alguém ultrapasse sua marca – mesmo Luis Suárez, em excelente fase e que continuará a toda na Premier League, tem ‘somente’ 42 tentos. Já Lionel Messi parou nos 45, ainda dois a menos que Zlatan Ibrahimovic.

Não deu para Cristiano Ronaldo superar os 91 gols marcados por Messi em 2012, recorde histórico em jogos oficiais. Problema? Nenhum. Não é a marca absurda do argentino que menospreza tudo o que o camisa 7 fez em 2013. Gols de todos os jeitos: de falta, de pênalti, de cabeça, em lances de habilidade, em arrancadas fulminantes. Enfim, uma quantidade que só ressalta o jogador completo que é Cristiano. E que se firma cada vez mais entre os maiores da história do futebol.

Os cinco maiores artilheiros de 2013, até o momento:

1º – Cristiano Ronaldo (Real Madrid e Portugal) – 69 gols
2º – Zlatan Ibrahimovic (Paris Saint-Germain e Suécia) – 47 gols
3º – Lionel Messi (Barcelona e Argentina) – 45 gols
4º – Luis Suárez (Liverpool e Uruguai) – 42 gols
5º – Edinson Cavani (Napoli, Paris Saint-Germain e Uruguai) – 41 gols

No vídeo, os 69 gols de Cristiano Ronaldo  em 2013 (59 pelo Real Madrid e 10 por Portugal):