Dois torcedores do Chelsea foram esfaqueados nesta quarta-feira em Istambul, dia do jogo do clube inglês com o Galatasaray pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O clube confirmou os incidentes e disse estar trabalhando com as autoridades locais para garantir a segurança de todos. É o segundo incidente de violência esta semana na Liga dos Campeões. Na terça, torcedores do Borussia Dortmund foram agredidos na Rússia, no dia do jogo com o Zenit.

“O clube está ciente dos dois incidentes envolvendo torcedores em Istambul na noite passada [terça-feira, 25] e está trabalhando com os órgãos relevantes para melhor garantir a segurança de todos”, diz um post no Twitter do clube.

Em um informe para os torcedores, o Chelsea alertou que não é seguro usar o metrô para ir e voltar do estádio. Aconselhou os torcedores a usarem um ônibus especial que os levará até o local da partida.

>>>> Dortmund mostra que é possível clubes fazerem algo contra torcedores mal comportados

Os dois torcedores estão vivos. Um teria sido esfaqueado na mão e outro nas nádegas, mas nenhum ferimento com gravidade. O incidente teria sido em um bar na Praça Taksim, no centro da cidade. Istambul está em alerta por protestos nos últimos dias por um projeto de lei controverso que permitiria às autoridades turcas bloquear uma página da internet por violações de privacidade mesmo sem autorização judicial. Os protestos têm levado a polícia de choque às ruas usando gás lacrimogênio, jatos de água e balas de borracha.

A embaixada britânica no país informou que está trabalhando com autoridades locais para impedir que novos incidentes como esse aconteçam. Os incidentes entre ingleses e turcos não são novos. Em 2000, dois torcedores do Leeds, Christopher Loftus e Kevin Speight, foram mortos antes de um jogo da Copa da Uefa.

LEIA MAIS
Guia das oitavas de final da Liga dos Campeões
Galatasaray x Chelsea, reencontro de lendas dos Blues
A velocidade do Dortmund foi demais para o Zenit
Quem diria que o único mandante a vencer na ida das oitavas de final seria o Olympiacos