Neymar é o brasileiro que concentra os holofotes neste início de Ligue 1. A legião campeã com o Monaco, encabeçada por Jemerson e Fabinho, também merece atenção. Mas um dos grandes nomes do país neste início de temporada francesa está mais abaixo no radar. Cada vez mais maduro no Bordeaux, Malcom se transformou no protagonista do time. Recusou propostas de ligas maiores para continuar se desenvolvendo com os girondinos. E, aos 20 anos, o atacante atravessa um momento iluminado. São três gols e três assistências em seis rodadas. Nesta sexta, soltou a bomba para garantir a vitória por 1 a 0 sobre o Toulouse, que deixa sua equipe (ainda invicta) provisoriamente na terceira colocação.

Malcom já vinha de uma temporada consistente no Bordeaux. Marcou sete gols e deu quatro assistências, ajudando o clube a se classificar à Liga Europa. O fracasso continental em agosto, com a queda para o Videoton ainda nas preliminares, deixou algumas desconfianças. Mas os girondinos começaram a Ligue 1 embalados, muito graças a Malcom. Ganharam de Metz e Troyes nos dois primeiros jogos em casa, além de terem buscado empates fora contra Angers, Lyon e Lille. O brasileiro teve participação direta em cinco dos nove tentos até então.

Já nesta sexta, o desafio do Bordeaux era considerável. O Toulouse não começou bem, especialmente por enfrentar Monaco e PSG logo de cara, mas é um mandante que inspira cuidados no Estádio Municipal. O placar zerado prevalecia até os 24 do segundo tempo. Até Malcom aparecer para resolver. Totalmente livre na entrada da área, recebeu o passe de François Kamano e acertou um chutaço, sem chances de defesa para o goleiro Alban Lafont. Já o suficiente para a vitória.

Atuando sempre na ponta direita, Malcom foi o melhor em campo em quatro das primeiras seis rodadas, segundo as estatísticas do site WhoScored. Além disso, os algorítimos o colocam como o quinto melhor da Ligue 1 até o momento, atrás apenas de Neymar, Edinson Cavani, Nabil Fekir e Daniel Alves. O garoto tem amadurecido o seu jogo e também vem ganhando potência física. Em uma temporada na qual o futebol francês ganha projeção, ele poderá dar o seu grande salto de qualidade.