As obras no estádio de Wembley podem não terminar dentro do prazo previsto. O alerta foi dado nesta sexta por Michael Cunnah, chefe-executivo do estádio. Em vez de ser entregue no final de março, para a final da Copa da Inglaterra, a obra só ficaria pronta em maio.

As expectativas negativas se devem graças às previsões meteorológicas para os próximos meses, que prejudicariam o andamento do novo estádio, com capacidade para 90 mil lugares. Se houver um frio intenso como se prevê, ficará mais difícil para escavar o gramado e fazer as fundações´´, declarou Cunnah.

´´Estamos trabalhando para entregar o estádio 100% até a final da Copa da Inglaterra, mas não posso garantir isso. Pessoalmente espero concluir tudo até 31 de março. Se não houver esta possibilidade, será pouco depois desta data´´, lamentou.

Há poucas semanas, a Multiplex, empresa responsável pelas obras, havia anunciado um aumento nos custos da construção. Devido à alta do preço do aço, a construção ficaria cerca de chr(128) 100 milhões mais cara.

Caso Wembley não seja entregue a tempo, a FA já deixou outro local como ´´stand by´´: o Millenium Stadium, em Cardiff.