Após assumir a vice-liderança com uma seqüência de oito vitórias, o Wigan parece ter perdido o rumo. Na semana passada, a equipe foi derrotada pelo Arsenal por 3 a 2. Neste sábado, na abertura da 14ª rodada da Premiership, o time deu outro vexame: voltou a perder, desta vez para o Tottenham, em pleno JJB Stadium. Uma chance de ouro para o Chelsea se distanciar ainda mais na liderança.

Os erros defensivos da partida contra os Gunners voltaram a dar as caras e selaram a derrota do Wigan. Com sete minutos de jogo, o Tottenham abriu o marcador. Robbie Keane recebeu de Teemu Tainio e, da marca do pênalti, tocou para as redes, em falha do defensor Arjan De Zeeuw. Keane ainda aterrorizou a defesa adversária com sua boa movimentação.

Na etapa final, os Spurs continuaram melhores em campo. Aos 32, Davids ampliou, ao marcar o primeiro gol com a camisa do clube. O holandês conduziu a bola por boa parte do gramado antes de chutar no canto de Pollitt. No finalzinho, Robinson espalmou cruzamento de Jason Roberts, mas McCulloch empurrou para as redes. O Wigan caiu para terceiro, com 25 pontos. Com um ponto a menos, o Tottenham aparece em quinto.

O triunfo do Tottenham também foi comemorada em Highbury. O resultado possibilitou a aproximação do Arsenal, vencedor do duelo contra o Blackburn. Cesc Fabregas deixou os Gunners na frente logo aos quatro minutos. Porém, os visitantes levavam perigo com Bellamy e David Thompson. Henry, no final do primeiro tempo, ampliou depois de passe de Pires. Este foi o 100º gol do francês em Highbury.

Na segunda etapa, Bellamy continuou assustando, com cabeçadas perigosas. Quando o Blackburn mantinha uma pressão mais forte e estava perto de descontar, Van Persie completou a vitória. O Arsenal chega a 26 pontos e assume a segunda colocação. Já o Blackburn vem em 13º, com 18.

O Liverpool também subiu na tabela ao bater o Manchester City fora de casa por 1 a 0. Foi a sexta partida consecutiva na qual os Reds saíram do gramado sem sofrer gols. Os anfitriões tiveram poucas chances de gol. Embora com maior posse de bola, o Liverpool teve problemas para armar jogadas para os atacantes.

Djibril Cissé, apagado, foi substituído no início da segunda etapa por Harry Kewell. O francês balançou a cabeça, desaprovando a alteração. Porém, a mudança melhorou o passe dos visitantes. A vitória saiu aos 16 minutos, com o chute certeiro de Riise em bela tabelinha com Gerrard. Os Reds estão em sétimo, com 22 pontos, enquanto o Manchester City caiu para oitavo, com 21.

Confira os resultados da abertura da 14ª rodada da Premiership:

Arsenal 3×0 Blackburn
Aston Villa 1×0 Charlton
Manchester City 0x1 Liverpool
Sunderland x Birmingham
Wigan 1×2 Tottenham