Zdenek Zeman expressou sua discordância com a situação vivida por Antonio Conte na Juventus, após o técnico ser punido por ligação com caso de manipulação de resultados. Segundo o comandante da Roma, Conte não deveria nem mesmo participar dos treinamentos da Juve, por receber suspensão de dez meses e ficar impedido de dirigir a equipe da beira do gramado.

“Um jogador suspenso pode treinar, mas penso que um técnico banido por muito tempo não poderia estar apto para treinar seu time. Não li o veredicto ou as investigações, mas se as pessoas querem enfraquecer o culpado, elas têm que ser mais decisivas”, disse. Sem Conte, a Juventus será orientada pelo assistente Massimo Carrera.

O treinador ainda comentou sua opção pela contratação de Mattia Destro, ao invés de tentar assegurar a permanência de Fábio Borini: “Eu fiz a escolha por Destro baseada na técnica, creio que ele é superior a Borini neste quesito. Eu já tenho uma ideia básica de meus titulares. Tenho um elenco que cobre qualquer posição com dois jogadores. Tudo depende de suas condições físicas e da minha decisão de como os usarei”.

A Roma faz sua estreia no Campeonato Italiano contra o Catania, no dia 26 de agosto. O clube investiu mais de € 36 milhões de euros na atual janela de transferências, assegurando a contratação de 14 jogadores.