Christian Ziege se rendeu às constantes lesões no tornozelo. O defensor anunciou hoje sua aposentadoria do futebol por não conseguir se recuperar da seqüência de contusões.

“Não havia sentido em continuar, meu tornozelo não agüentava mais. A um dado momento tinha que tomar uma decisão. No final, fiquei contente, pois as idas e vindas, entre a esperança e decepção, contusão e recuperação acabaram”, afirmou.

Mesmo com a interrupção da carreira, Ziege considera-se satisfeito. “Fui campeão alemão e italiano, da Copa Uefa, da Eurocopa e participei de uma final da Copa do Mundo. Não sei mais que títulos poderia conquistar e o que fazer mais no futebol”.

Ziege, de 33 anos, estava no Borussia Monchengladbach, mas estava sem jogador desde maio deste ano. Ele disputou apenas treze partidas com a camisa do clube alemão. Ele defendeu a Alemanha em 72 partidas.