O Liverpool gastou muito dinheiro para resolver o principal problema do seu time titular e, na vitória sobre o Brighton, por 1 a 0, neste sábado, o motivo ficou claro. Aos 43 minutos do segundo tempo, o segundo goleiro mais caro da história, Alisson Becker, realizou aquela defesa decisiva para garantir os três pontos para a equipe de Jürgen Klopp, ainda 100% na Premier League após três rodadas.

Esse tipo de intervenção que acaba sendo a diferença entre uma vitória e um empate ou um empate e uma derrota vinha fazendo falta na tentativa do Liverpool de conquistar o primeiro título inglês desde 1990. Não era frequente com Loris Karius ou Simon Mignolet, antecessores do brasileiro, e apareceu pela primeira vez com Alisson.

Nas duas primeiras partidas, o Liverpool não foi vazado, mas o goleiro não precisou trabalhar. Desta vez, Mohamed Salah fez 1 a 0, na metade do primeiro tempo, e os donos da casa não conseguiram ampliar. A dois minutos do fim, com o Brighton esboçando uma pressão, Pascal Gross cabeceou no canto de Alisson, que pulou para espalmar a escanteio.

Com a defesa, o Liverpool chegou a quatro rodadas seguidas do Campeonato Inglês sem sofrer gols, igualando a maior sequência de inviolabilidade na liga inglesa na passagem de Klopp por Anfield.