Depois de Cristiano Ronaldo, desta vez Djibril Cissé teve que se explicar para a polícia inglesa. O atacante admitiu ter batido em um jovem de 15 anos, em 30 de setembro, com golpes na cabeça, simplesmente por não ter gostado de uma brincadeira.

A confusão começou no momento em que Cissé gravava um comercial sobre um amistoso fictício entre França e Inglaterra, em um parque de Londres. Um garoto de 15 anos se aproximou do jogador e lhe estendeu a mão. O atacante foi cumprimentá-lo, mas o rapaz retirou a mão e encostou-a no nariz, mexendo os dedos, numa típica brincadeira de adolescente.

Porém, Cissé não gostou nada e acertou alguns golpes na cabeça do garoto. A reação mereceu uma advertência por parte da polícia.