O “Clássico Vovô” não tem esse nome à toa. Botafogo e Fluminense fazem o confronto mais antigo entre os grandes do Rio de Janeiro, que terá novo capítulo neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. E para relembrar um pouco da história do duelo, recorremos a dois vídeos do Canal 100. O cinejornal que trazia uma visão mais lúdica do futebol ajuda a recontar grandes momentos do passado, ainda mais quando o encontro de tricolores e alvinegros valia taça.

O primeiro vídeo é da última rodada do Campeonato Carioca de 1957. O Fluminense chegava ao Maracanã com a vantagem do empate, um ponto à frente do Botafogo na classificação do estadual. No entanto, o esquadrão alvinegro teria uma de suas atuações mais emblemáticas do período. Treinado por João Saldanha, os botafoguenses goleariam os rivais por 6 a 2. Paulinho Valentim foi o grande nome do jogo, infernizando a vida de Castilho. Abriu 3 a 0 no primeiro tempo com três gols, incluindo um de bicicleta. Faria mais dois na segunda etapa, com Garrincha deixando o seu. Waldo e Escurinho descontaram para o Flu. Aquela taça encerrava um jejum de nove anos do time de General Severiano, iniciando sua maior era vitoriosa.

Já em 1971, a situação se invertia. O Botafogo chegava à finalíssima podendo empatar, diante de um Maracanã abarrotado – com 142 mil, segundo os registros oficiais, embora o Canal 100 fale em 160 mil pessoas. Os alvinegros contavam com uma equipe fortíssima, chamada de Selefogo, em referência aos jogadores que participaram do tri mundial no ano anterior. Já o Fluminense era treinado por Zagallo, dispensado dos rivais meses antes. Em partida tensa, Félix se colocou como uma grande figura, com defesas fundamentais para segurar o placar zerado. E a revanche, se não foi tão elástica quanto a de 14 anos antes, ao menos saiu da maneira mais saborosa: com o triunfo por 1 a 0 determinado aos 42 do segundo tempo, graças a um gol chorado de Lula – no qual os alvinegros reclamam até hoje de falta. Referendava um ótimo momento dos tricolores, que haviam faturado o Robertão no ano anterior.

1957: BOTAFOGO 6 x 2 FLUMINENSE

Data – 22 / 12 / 1957
Local – Maracanã (89.100)
Gols – 1° tempo: Paulinho Valentim (3); 2° tempo: Escurinho, Paulinho Valentim (2), Garrincha e Waldo.
Botafogo – Adalberto, Beto, Thomé e Nílton Santos; Servílio e Pampolini; Garrincha, Didi, Paulinho Valentim, Édison e Quarentinha. Técnico: João Saldanha.
Fluminense – Castilho, Cacá, Pinheiro e Altair; Clóvis e Jair Santana; Telê, Jair Francisco, Waldo, Róbson e Escurinho. Técnico: Sylvio Pirillo.

1971: FLUMINENSE 1 x 0 BOTAFOGO

Data – 27 / 06 / 1971
Local – Maracanã (142.339)
Gol – 2° tempo: Lula
Fluminense – Félix, Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antônio; Silveira e Didi (Flávio); Wilton (Cafuringa), Cláudio, Ivair e Lula. Técnico: Zagallo.
Botafogo – Ubirajara Motta, Carlos Alberto Torres (Mura), Brito, Osmar e Paulo Henrique; Carlos Roberto e Nei Conceição; Zequinha (Paraguaio), Nílson Dias, Careca e Paulo Cézar Caju. Técnico: Egídio Landolfi “Paraguaio”.