Liga das Nações: Mesmo em Wembley, Espanha tem leve favoritismo contra a Inglaterra

Pouco tempo depois da realização da Copa do Mundo de 2018, as seleções europeias experimentam um novo modelo de competição. Saiba mais sobre o sistema de disputa e divisão dos grupos clicando no linkA seguir, falaremos sobre um dos principais jogos da rodada de abertura da Liga das Nações da Uefa, quando a Inglaterra receberá a Espanha, neste sábado (08), às 15h45 (horário de Brasília), no mítico estádio de Wembley. Na sequência, você confere o prognóstico e as cotas oferecidas pelo Oddsshark.com.

O técnico do English Team, Gareth Southgate, anunciou um novo “ciclo” para o time nacional, antes do confronto contra a Roja, embora preserve a maioria absoluta dos presentes no Mundial. Os Three Lions fizeram uma boa participação no Mundial, chegando às semifinais, quando perderam por 2 a 1 para a Croácia na prorrogação. No caso dos espanhóis, a lembrança é de uma campanha pífia que terminou nas oitavas de final, com derrota na decisão por pênaltis para os russos.

A nova liga da Uefa é uma maneira de as duas seleções se prepararem para a Eurocopa de 2020 com eelencos mais jovens – a Espanha conta com um time mais velho em comparação à Inglaterra. No Grupo 4 da Liga A (a divisão mais importante da Liga das Nações), ao lado da finalista da Copa do Mundo Croácia, cada equipe jogará duas vezes neste outono por um lugar nas semifinais. Enquanto isso, os piores times de cada chave serão rebaixados para a Liga B.

Seleção inglesa

Após a aposentadoria de Jamie Vardy e Gary Cahill, Southgate terá outras baixas, já que Raheem Sterling e Adam Lallana sofreram lesões nesta semana, durante os treinos. Jordan Pickford provavelmente manterá a camisa número 1, após suas excelentes atuações na Copa do Mundo. Luke Shaw deve ser recompensado por sua boa forma no Manchester United, no lado esquerdo, dada a ausência de Ashley Young no grupo.

A linha defensiva se completa com Harry Maguire, John Stones, Kyle Walker e Kieran Trippier. O meio-campo inglês é relativamente leve, após as contusões de Sterling e Lallana. Jordan Henderson deve começar, enquanto Jesse Lingard e Dele Alli provavelmente vão se manter entre os titulares. Fabian Delph, Loftus-Cheek e Eric Dier são opções no banco. Já na linha de frente, Marcus Rashford tem tudo para formar a dupla de ataque com Harry Kane, dada a lesão de Sterling e a aposentadoria de Vardy. O outro atacante disponível é Danny Welbeck.

Seleção da Espanha

A Espanha procura encontrar na geração mais nova substitutos à altura dos recém-aposentados Andrés Iniesta, David Silva e Gerard Piqué. Mas a grande atração na Roja será a estreia oficial do técnico Luis Enrique, que terá muito trabalho para reconduzir o selecionado aos seus melhores dias. Um dos primeiros desafios é encontrar um substituto para o artilheiro Diego Costa, que pediu dispensa em função de problemas pessoais – quem deve assumir a vaga do atleta do Atlético de Madrid é Álvaro Morata, do Chelsea. Seu companheiro de equipe Marcos Alonso também deve aparecer entre os titulares, em Wembley, já que o novo comandante da Roja deixou Jordi Alba de fora.

No gol, o novo contratado do Chelsea para a posição, Kepa Arrizabalaga, deve pressionar David De Gea, cujas recentes atuações deixaram a desejar. Luis Enrique gosta do esquema 4-3-3. A expectativa é de que Marco Asensio e Isco, ambos do Real Madrid, sejam os grandes armadores, ajudando Morata na frente. Sobre Isco, o treinador foi só elogios. “Ele é um jogador muito completo, um dos jogadores mais decisivos da seleção e do futebol espanhol. Ele tem a capacidade de marcar, dar o último passe, além de um bom comportamento defensivo. Ele é muito completo”, afirmou.

O ex-técnico da Barcelona também comentou sobre sua escolha de continuar com Sergio Ramos como capitão da Roja. “Eu não falei com nenhum jogador, exceto Piqué. É meu estilo. Eu não considerei necessário. Não há necessidade de uma revolução, mas a evolução é necessária. Ele (Ramos) é o capitão, pois tem mais partidas”, concluiu.

Como apostar em Inglaterra x Espanha

De acordo com as casas de apostas de futebol, mesmo em casa, a Inglaterra não é favorita, com a vitória na estreia da Liga das Nações da UEFA garantindo o pagamento de R$ 2,90 sobre cada real. No caso da Espanha, o triunfo (fora) traz o retorno de 170% nas aplicações, enquanto o empate vale R$ 3,20/R$ 1.

Prováveis escalações

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones, Maguire; Trippier, Henderson, Alli, Lingard, Shaw; Rashford, Kane – Técnico: Gareth Southgate
Espanha: De Gea; Carvajal, Ramos, Albiol, Alonso; Thiago, Busquets, Saúl; Asensio, Morata, Isco – Técnico: Luis Enrique

Jogos de sábado pela Liga das Nações com cotas do ODDSSHARK.COM

13:00 – (R$ 1,72) Suíça x Islândia (R$ 5,25); empate (R$ 3,30)
15:45 – (R$ 2,90) Inglaterra x Espanha (R$ 2,70); empate (R$ 3,20)