Luiz Felipe Scolari negou os boatos de que conversou com membros da federação inglesa durante o fim de semana A hipótese foi levantada por alguns meios de comunicação da Inglaterra, que noticiaram o encontro como uma possível discussão para que Felipão seja o próximo técnico do English Team.

“Se tiver de desmentir tudo o que vai ser escrito sobre o meu futuro nos próximos meses, não vou fazer mais nada. Estive em Londres na sexta-feira passada para uma palestra com Bobby Robson, que estava combinada desde dezembro. Cheguei às onze da manhã, fui para o local do encontro, almoçamos, tivemos a reunião com os empresários e tudo acabou às cinco da tarde. Peguei um novo táxi para o aeroporto e o vôo para Lisboa saiu às 19h30min. Só se esse tal dirigente era o motorista do táxi. É só bobagem”, ironizou Felipão.

O treinador reiterou o acordo com a federação portuguesa sobre sua permanência no comando da seleção. “Eu e o presidente temos o nosso acordo. Se fico ou não, só será decidido por nós, no momento escolhido por nós e por mais ninguém. Até lá vamos continuar a trabalhar”, completou.