Gilberto dificilmente participará da Copa. A federação angolana confirmou nesta terça que o meia, operado de uma lesão no tendão de Aquiles, está tendo uma recuperação mais lenta do que o esperado.

Em janeiro, pouco antes do início da Copa Africana de Nações, o jogador se machucou em janeiro e passou por uma cirurgia na Alemanha. O tempo estimado para a recuperação de Gilberto é de mais quatro meses.

Angola também não terá no Mundial a presença do defensor Yamba Asha. Ele foi suspenso até agosto após ter sido flagrado em um exame antidoping.