Jogando apenas a sua quinta partida oficial na temporada, Hernanes voltou a marcar um gol pelo Heibei Fortune, em um duelo contra o forte Guangzhou Evergrande, atual heptacampeão. O jogo terminou em 2 a 2, com o atacante Ricardo Goulart, do Guangzhou, como destaque com os dois gols marcados. Hernanes, porém, tem o que comemorar. Com poucas chances, ele foi titular e conseguiu marcar. Foi o seu segundo gol na temporada, depois de marcar também contra o Shandong Luneng, no dia 2 de maio, em jogo pela Copa da China.

LEIA TAMBÉM:Ano zero: Pela primeira vez na história, o Hamburgo é rebaixado na Bundesliga

Hernanes vive um problema sério no Heibei Fortune. Só três estrangeiros podem jogar e o Heibei Fortune conta com quatro: os argentinos Javier Mascherano e Ezequiel Lavezzi, o marfinense Gervinho e o próprio Hernanes. Como só três vão para o jogo, Hernanes tem ficado de fora. Jogou cinco partidas, sendo uma da Copa da China e outras quatro pela liga, incluindo este jogo com o Guangzhou Evergrande. Ele espera ter convencido o técnico Manuel Pellegrini, ex-Manchester City, que merece jogar mais.

“Foi um gol muito importante para mim”, revela Hernanes. “Estava um pouco incomodado com a minha situação, pois fui contratado para fazer a diferença e não estava conseguindo realizar este objetivo, até por conta do excesso de estrangeiros. Mas acredito que este gol de hoje, até por ter sido contra um grande adversário e num jogo importante vai abrir caminho para as minhas realizações que almejo aqui na China”, analisa Hernanes.

No total, Hernanes jogou apenas 13 jogos pelo Heibei Fortune desde que foi contratado, com três gols marcados. Aos 32 anos, o jogador tem contrato até dezembro de 2019 e um salário muito alto para os padrões brasileiros, que foi um dos motivos para o Profeta não ter continuado no São Paulo depois de ótimos seis meses pelo clube em 2017. Crucial na campanha do São Paulo contra o rebaixamento, Hernanes era visto como uma peça-chave do time para 2018, mas acabou voltando para a China. Segue sendo pouco aproveitado. Ele espera, porém, que o gol ajude a voltar a ter chances.