O goleiro alemão Jens Lehmann comentou nesta sexta-feira, na véspera do amistoso contra a França, que pensa seriamente em abrir mão de ir à Copa do Mundo se não tiver garantias de que será titular.

´Não gostaria nem um pouco de, outra vez, ficar no banco. É um sentimento que tenho e que preciso de mais alguns meses para tomar uma decisão´, afirmou o guarda-metas do Arsenal.

Se o goleiro de fato tomar essa decisão, uma vez que todos os indícios dão conta de que o titular será Oliver Kahn, o jogo deste sábado, no Stade de France, pode ser o último de sua carreira com a camisa da seleção alemã. Lehmann já disputou 28 partidas pelo Nationalelf, mas sempre viveu à sombra do camisa 1 do Bayern de Munique.

Ele só jogará neste sábado porque estava previsto no calendário de rotação dos goleiros elaborado por Jürgen Klinsmann há alguns meses.

Leia também:
Alemanha pega França para enterrar tabu contra ´´grandes´´