Uma grave contusão no joelho acabou com os sonhos de Jorge Andrade defender Portugal na Copa do Mundo. O jogador do La Coruña rompeu o tendão patelar do joelho esquerdo na derrota para o Barcelona por 3 a 2 no sábado e, apesar de nenhuma declaração oficial do departamento médico do clube, acredita-se que o tempo estimado de recuperação de lesões desse tipo esteja próximo a seis meses.

Ciente da gravidade da lesão de Andrade, o próprio Luiz Felipe Scolari já lamenta a contusão que lhe tirará um de seus principais defensores.

“É uma péssima notícia para nós, mas o Jorge Andrade fará sempre parte do nosso grupo, quer esteja ou não em condições físicas para dar sua contribuição dentro de campo. Se ele quiser e puder, estará conosco na Alemanha, no seio de uma equipe que continua a ser a sua”, afirmou o técnico ao site da Federação Portuguesa.

Andrade, autor de um dos gols do Deportivo contra o Barça, deixou o campo de maca aos 13 minutos do segundo tempo após uma colisão com o goleiro José Molina.