O Chelsea possui três centroavantes disponíveis em seu elenco. Enquanto os Blues ainda esperam um bom rendimento de Samuel Eto’o, Fernando Torres e Demba Ba não possuem um retrospecto tão animador. Em nove partidas na temporada, o trio anotou apenas dois gols, ambos do espanhol. Um aproveitamento que talvez cause arrependimento em José Mourinho por ter liberado Romelu Lukaku por empréstimo e ver o belga arrebentando no Everton.

É certo que Lukaku até teve sua chance em Stamford Bridge nos primeiros jogos de 2013/14. Elogiado por Mourinho durante a pré-temporada, o centroavante parecia ter a confiança do treinador para ser lançado no time principal. Ganhou três chances como substituto, não marcou nenhum gol e acabou marcado pelo pênalti perdido na Supercopa Europeia. Com a contratação de Eto’o, um novo empréstimo pareceu a melhor saída.

Leia mais
– A contradição do Chelsea de Mourinho

E Lukaku precisou de pouquíssimo tempo para convencer o Everton que o clube fez um grande negócio. Em três jogos pelos Toffees, o camisa 17 já anotou três gols. Nesta segunda, ele foi decisivo na vitória por 3 a 2 sobre o Newcastle em Goodison Park. O belga balançou as redes duas vezes e ainda deu belo passe para Ross Barkley aumentar a diferença. Único invicto na Premier League, o Everton entra no Top Four, assumindo a quarta colocação.

Neste início promissor, impressiona o rápido entrosamento de Lukaku com o resto da equipe. Algo certamente ajudado pela amizade com o atacante Kevin Mirallas. No último dia da janela de transferências, foi o companheiro de seleção belga quem convenceu o centroavante a aceitar a proposta do Everton, dizendo que não sairia de seu quarto na concentração enquanto o negócio não estivesse fechado. E os dois primeiros gols de Lukaku saíram com passes justamente do camisa 11.

Aos 20 anos, Lukaku é um atacante com excelente potencial, algo que já tinha demonstrado em suas passagens pelo Anderlecht e pelo West Bromwich. Com os dois gols desta segunda, o belga chegou a 20 tentos pela Premier League, o estrangeiro mais jovem a atingir a marca. Depois de pagar € 22 milhões pela contratação do garoto, o Chelsea também tem conhecimento desse talento. Só precisa ter consciência de qual o momento certo para confiá-lo na missão de ser o artilheiro do time.