Por vezes, vemos clubes brasileiros desvalorizarem competições como a Sul-Americana, que dirá algo como a Copa Suruga. Na Argentina a percepção é diferente. Título é título e, assim, o Independiente fez muita festa com a conquista da Copa Suruga no Japão ao vencer o Cerezo Osaka, campeão da Copa do Imperador, por 1 a 0. O jogo foi disputado na manhã desta quarta-feira, no Estádio Nagai, em Osaka.

LEIA TAMBÉM: Furacão histórico: Atlético Paranaense atropela Peñarol em plena Montevidéu por 4 a 1

O único gol do jogo, marcado por Silvio Romero, aos 28 minutos do primeiro tempo, teve participação importante de Maxi Meza, que tentou o passe pelo meio, a bola desviou e sobrou para Romero, que fez o gol (que você assiste abaixo). O time argentino fez um bom primeiro tempo, dominando as ações e com boas participações de Pablo Hernández e Francisco Silva. Os dois mostraram que elevam o nível de futebol do time de Avellaneda.

No segundo tempo, o Independiente sentiu o desgaste. Fisicamente, o time caiu muito e os japoneses aproveitaram, ganhando terreno pouco a pouco. A atuação do time, como um todo, foi apenas regular e os japoneses tiveram algumas chances de empatar, especialmente com bolas paradas. Toda falta na metade final do primeiro tempo significava uma bola na área do Independiente, que se segurou atrás. O goleiro Campaña fez boas intervenções para impedir gols do time japonês.

Ao final do jogo, os torcedores fizeram festa. Sim, torcedores: havia uma boa presença dos argentinos no estádio, com direito a faixa celebrando que o Rei de Copas chegou a 18 títulos internacionais oficiais. Os jogadores foram até os torcedores, junto com o técnico Ariel Holan, e fizeram uma bela festa.

Os títulos do Independiente: 7 Copas Libertadores, 3 Interamericanas, 2 Mundiais, 2 Sul-Americanas, 2 Supercopas Sul-Americanas, 1 Recopa Sul-Americana, e uma Copa Suruga. Na Argentina, ainda se considera dois títulos da Copa Ricardo Aldao (também chamada de Copa Rio da Prata), organizada pelas federações argentina e uruguaia (AFA e AUF, respectivamente). É por esse critério que o Independiente conta 20 títulos e o Boca Juniors 22 (os xeneizes contam a Tie Cup, Copa de Honor Cousenier e dois da Copa de Confraternidad Escobar-Gerona). Entre os times com mais taças internacionais no cenário sul-americano, Independiente e Boca Juniors chegam a 18 títulos e o terceiro colocado é o São Paulo, com 12. Isso considerando apenas os títulos oficiais.

Torcida do Independiente em Osaka, no Japão (Foto: Buddhika Weerasinghe/Getty Images)