Por Emmanuel do Valle, jornalista e dono do blog Flamengo Alternativo

A criação do Campeonato Inglês ajudou a marcar uma revolução no futebol. A primeira liga nacional do planeta foi inaugurada na temporada 1888/89, para que 12 clubes ocupassem o próprio calendário com um torneio em pontos corridos e pudessem arcar com as despesas do profissionalismo, instituído oficialmente três anos antes. Em 1892, com a adesão de mais times, surgiu a segunda divisão. Sinal da expansão do esporte profissional, assim como da popularização do futebol, sobretudo entre o operariado e as camadas menos abastadas da população.

VEJA TAMBÉM: Como o futebol internacional era transmitido para o Brasil antes das TVs a cabo

Logo após a Primeira Guerra Mundial as duas primeiras divisões já contavam com 22 clubes cada, e vários outros desejavam fazer parte da liga. Assim, na temporada 1920/21 foi criada a terceira divisão, que no ano seguinte recebia novos participantes e era dividida em dois grandes grupos (Norte e Sul). A próxima alteração estrutural ocorreria em 1958, quando a terceira divisão voltou a ser nacional e os dois grupos se fundiram em um só. Os 24 melhores clubes se mantiveram na terceirona, enquanto os demais foram realocados à nova quarta divisão. Todos estes torneios eram organizados pela Football League, até o advento da Premier League, em 1992.

O mapa abaixo mostra os clubes na ativa que já disputaram as quatro principais divisões inglesas, separados de acordo com sua divisão na atual temporada, além de alguns já extintos, em total de 120 equipes. Vale lembrar que durante décadas não havia acesso direto das divisões semiprofissionais (chamadas de “non-league”) para as divisões profissionais da Football League. Ao fim de cada temporada, os cartolas se reuniam para avaliar se os clubes piores colocados da quarta divisão mereciam continuar na liga, bem como se algum da “non-league” estava preparado para ganhar uma vaga na categoria profissional. Baseavam-se não apenas em critérios técnicos, mas também – e muito – em termos de estrutura e finanças. Apenas em 1997 foi instituída a obrigatoriedade de acesso e descenso entre os dois níveis sem nenhum tipo de restrição estrutural, o que aumentou a maleabilidade no número total de participantes nas quatro divisões principais.

Aproxime para ver os estádios. Alguns escudos estão sobrepostos: