Nos últimos tempos, Estados Unidos e China têm crescido como mercados alternativos no futebol. E com propostas diferentes para atrair nomes badalados. Enquanto os chineses gastam desenfreadamente, os americanos apostam em um negócio bem mais seguro em suas franquias, seguindo o modelo de outras modalidades no país. Pela fortuna ou pela qualidade de vida, as equipes locais conseguiram contratar diversos jogadores de destaque no futebol mundial. Talentos que ainda teriam bola para brilhar na América do Sul ou na Europa, mas preferiram desbravar os recantos.

Neste final de semana, tanto a Major League Soccer quanto a Super League Chinesa têm os seus pontapés iniciais. Começam sob perspectivas distintas, entre o impacto das contratações astronômicas na China e a popularização do futebol nos Estados Unidos. Se não são campeonatos que atraem os olhares por tradição ou por qualidade técnica, ao menos possuem jogadores prontos para destoar. Talvez o maior trunfo para quem acompanha de longe.

Abaixo, apresentamos um pouco das duas competições através de mapas. Ambos apresentam os participantes da atual temporada, com detalhes sobre os principais destaques do elenco. Além disso, há também outras informações históricas, incluindo times que já participaram da elite na China e franquias extintas da MLS, bem como os protagonistas da antiga NASL – liga que badalou o futebol nos Estados Unidos, mas acabou extinta em 1984. Para conferir os estádios e destacar escudos sobrepostos, basta aproximar a visão no mapa: