A Fiorentina entrou em campo, neste domingo, para disputar o seu primeiro jogo depois da morte do zagueiro e capitão Davide Astori, uma semana depois. Cedo demais, para alguns. Mas o futebol tinha um plano perfeito para a ocasião. A vitória por 1 a 0 foi alcançada com gol do jogador que substituiu Astori no time titular da Viola, o brasileiro Vitor Hugo, ex-Palmeiras.

LEIA MAIS: A emoção aflora a cada imagem do digno adeus oferecido a Astori em Florença

As emoções afloraram desde antes do apito inicial. O minuto de silêncio foi brutal, absoluto. Em seguida, uma rodada de aplausos com balões brancos e roxos subindo aos céus.

.

 

Aos 13 minutos, a partida foi interrompida. Mais aplausos para Astori, enquanto as arquibancadas mostravam um lindo mosaico com a mensagem “Davide 13”, número da camisa do zagueiro que foi aposentado pela Fiorentina e pelo Cagliari.

 

O gol foi marcado pouco depois, aos 25. Vitor Hugo havia atuado apenas 12 vezes pela Fiorentina nesta temporada, sua primeira na Itália, seis como titular e nunca havia feito um gol. Em escanteio cobrado por Saponara, o portador da camisa 31, número invertido do 13 de Astori, subiu muito, muito alto e cabeceou com firmeza. Foi abraçado por todos os companheiros e foi ao banco de reservas pegar uma camiseta com a foto de Astori, para a qual prestou continência como um soldado faz com seu capitão.

“Eu acho que Davide estava em campo conosco e gosto de pensar que ele ajudou Vitor Hugo a pular”, disse o meia Marco Benassi.