Apesar de ter se submetido a uma cirurgia no pé na última sexta, Michael Owen mantém-se confiante. O atacante demonstrou otimismo em sua recuperação e garante que estará em plenas condições físicas para disputar a Copa. Ale está parado desde dezembro, após sofrer uma fratura no metatarso.

Em entrevista ao diário The Times publicada nesta segunda, Owen tratou de diminuir a preocupação dos torcedores por ter passado mais uma vez pela mesa de operações. “Tudo correu bem. Tenho que admiti que fiquei um pouco decepcionado quando o médico me contou que precisaria voltar para o hospital. Meu irmão me disse que faltavam onze semanas para a Copa ainda. Devo voltar em quatro. Isto deixa bastante tempo para que eu possa recuperar completamente minhas condições físicas”, comentou.

David Beckham sofreu uma lesão parecida antes da Copa passada e não conseguiu se recuperar totalmente para a disputa do torneio. Para Owen, desta vez a história será diferente. “Já ouvi as pessoas compararem minha lesão à de Beckham e se o treinador deveria ou não levar jogadores sem o melhor preparo físico. Não espero que isso se torne um drama. Desejo ir para a Alemanha com 100% de condições”, afirmou.