O mundo do futebol conheceu Loretta Lynch quando o FBI e o Departamento de Justiça americano fecharam o cerco em torno dos dirigentes corruptos da Fifa. Como procuradora-geral dos Estados Unidos, liderou as investigações, deu entrevistas coletivas e até teceu ameaças. Não se sabe se já chutou uma bola na vida, mas entrou na lista de 25 mulheres que mais causaram impacto no esporte em 2015 do ESPNW.

LEIA MAIS: Queda definitiva de Valcke é um chute no traseiro do modo de operar da Fifa

O site de esportes femininos da ESPN americana fez uma parceria com a Marvel, que desenhou todas essas mulheres como super-heroínas e deu a Lynch a alcunha de “Matadora da Fifa”, com um belo cartaz em que ela segura uma bola e uma espada.

Entrevistada por Stephen Colbert, do The Late Show, na última quinta-feira, Lynch mostrou que está no lado do Homem de Ferro na Guerra Civil e não fez questão de esconder sua identidade secreta.

“Você é quem mais enfrenta o crime nos EUA. Você é o Batman?”, perguntou Colbert. “Eu não sou o Batman. Eu sou a Matadora da Fifa”, respondeu Lynch.

A piada está no começo do vídeo abaixo: