No jogo que abriu a 25ª rodada do Campeonato Italiano, a Roma tinha certas dificuldades contra a Udinese. Fora de casa, a anfitriã bianconera chegou a ter boas expectativas no jogo disputado em Udine. Mas a sorte dos Giallorossi é que dois de seus destaques na temporada seguiram em alta. Sempre que necessário, Alisson fez boas defesas. E após algumas oportunidades, coube ao turco Çengiz Ünder marcar pela terceira partida seguida na Serie A, rendendo o 1 a 0 e a terceira vitória consecutiva na temporada ao time da capital – momentaneamente, terceiro colocado, dois pontos acima da Internazionale, que terá de vencer o Genoa ainda neste sábado.

Já aos sete minutos, no primeiro tempo, o goleiro da Roma foi chamado a uma ação salvadora. Juan Jesus errou no recuo de bola, mandando um passe curto demais a Alisson. Ainda assim, antes que Stipe Perica chegasse para a finalização, o goleiro brasileiro foi rápido e saiu do gol para evitar a tentativa da equipe friulana.

Só aos poucos, na etapa inicial, a Roma começou a atacar. Aos 21, pela direita, Ünder cruzou, mas antes que Stephan El Shaarawy completasse, Jens Larsen interceptou o chute. Ünder voltou a aparecer aos 24 minutos: trouxe a bola para o meio, arriscou da entrada da área, e forçou o goleiro Albano Bizzarri a espalmar para a linha de fundo. O time de Udine só se reaproximou aos 29 minutos, num chute de longe por Sekou Fofana, passando perto da meta de Alisson.

Depois, aos 30, Radja Nainggolan mandou a bola para o meio, na entrada da área. Lá já estava El Shaarawy, que finalizou forte. A bola saiu muito próxima à trave direita defendida por Bizzarri. Finalmente, aos 34, Ünder reapareceu, livre pela esquerda na grande área, mas seu arremate saiu sem muita velocidade.

Já no segundo tempo, a Udinese voltou a insistir mais no ataque, não só com Perica, mas também com a entrada de Jakub Jankto. Teve a grande chance numa bola parada, aos 25 minutos: nela, Ali Adnan mandou a bola na trave de Alisson. Contudo, na vez seguinte em que se destacou, Ünder começou a encaminhar a vitória romanista. Na sequência da bola na trave, o turco recebeu o toque de Daniele de Rossi, e bateu colocado, no canto direito de Bizzarri, para o 1 a 0.

Se a vantagem era valiosa para os visitantes, Alisson foi fundamental para garanti-la: aos 36 minutos, o goleiro brasileiro defendeu chute perigoso de Rodrigo de Paul, na direita da grande área – e ainda rebateu a bola, que subiu após a primeira intervenção. Finalmente, um erro ajudou a Roma: Bizzarri errou no tiro de meta, a bola ficou com Kevin Strootman, este lançou Diego Perotti, e o atacante chegou à área para finalizar e fazer o 2 a 0 que deixou a pressão com a Inter.