A Copinha é uma competição cheia de cenas inusitadas e repleta de histórias. A desta quarta-feira aconteceu em um dos campos mais tradicionais da capital paulista, a Rua Javari. O Figueirense jogava no estádio contra a Portuguesa, em partida pelo Grupo 28 da competição.

LEIA TAMBÉM: Fizeram uma versão boleira do tema de Dragon Ball Z, cantada só com nomes de jogadores

Os catarinenses venciam por 1 a 0 no intervalo. O técnico do time, Marcio Coelho, decidiu por não levar os jogadores ao vestiário. Foi ali mesmo, no gramado, que ele levou a prancheta para orientar o time. Quase grudado na arquibancada, com direito à comissão técnica dar água aos torcedores que pediram.

O time, curiosamente, voltou mal para a segunda etapa e tomou o gol de empate. Depois, melhorou e venceu por 3 a 1. Uma história curiosa.

As fotos são de Ubiratan Leal:

Jogadores do Figueirense durante a orientação dada no gramado da Rua Javari Jogadores do Figueirense durante a orientação dada no gramado da Rua Javari Jogadores do Figueirense durante a orientação dada no gramado da Rua Javari