A estreia de Gennaro Gattuso à frente do Milan recebeu um grande “carimbo”. O Benevento arrancou seu primeiro ponto na temporada de estreia da Serie A justamente contra os rossoneri, após 14 derrotas consecutivas. E o gol do arqueiro Alberto Brignoli é um momento que os torcedores carregarão para sempre. Pois neste sábado, os milanistas concederam outra memória insubstituível aos giallorossi. Dentro do mítico San Siro, os nanicos conquistaram sua primeira vitória fora de casa na campanha: 1 a 0 valioso por ao menos adiar um rebaixamento que parece mais do que certo aos lanternas.

Em uma partida que começou sem grandes emoções, o Benevento anotou o gol da vitória em seu primeiro ataque de perigo, aos 29 minutos. Enfiada para Pietro Iemmello, que aproveitou a linha de impedimento mal feita para vencer Gianluigi Donnarumma. O 4-4-2 testado por Gennaro Gattuso pouco funcionava. E, por mais que o Milan tenha criado grandes chances para marcar, com uma bola no travessão e outros lances inacreditáveis, os giallorossi conseguiram se segurar. Resistiram às investidas dos milanistas mesmo depois da expulsão de Cheick Diabaté, aos 35. Ao final, sobrou nervosismo a um Milan pilhado demais.

O Benevento conquista sua quinta vitória na Serie A, somando míseros 17 pontos. O rebaixamento, de qualquer forma, ainda pode se consumar neste domingo, caso o Crotone vença a Udinese fora de casa. Após um primeiro turno péssimo, os giallorossi melhoraram na segunda metade da campanha, até pelas várias contratações. Caem, mas com a perspectiva de que o ano não será tão duro na Serie B, se souberem lidar com a folha de pagamentos dentro da nova velha realidade. O resultado deste sábado é um bom sinal.

Já o Milan atravessa um momento preocupante. O time perdeu gás nas últimas rodadas e não vence há seis partidas. Não demonstra a mesma energia de semanas atrás, quando ainda sonhava com a vaga na Liga dos Campeões. A esta altura, se cochilarem demais, é bem capaz que os rossoneri percam também seu lugar na Liga Europa. O time é o sexto colocado, com 54 pontos, correndo o risco de ser ultrapassado pela Atalanta e igualado pela Sampdoria ao término da rodada.