Uma das boas notícias ao Crystal Palace neste início de temporada foi a renovação de Wilfried Zaha. Especulado por outros clubes, o ponta preferiu permanecer em Selhurst Park e recebeu um polpudo aumento salarial para isso. Torna-se um dos 20 jogadores mais bem pagos da Premier League, com ganhos semanais de £130 mil. No entanto, ao mesmo tempo em que as Águias investiam alto em seu protagonista, comunicavam as jogadoras reservas de seu time feminino que elas precisariam encontrar patrocínios pessoais de £250 para bancar o valor da inscrição anual. A postura do clube gerou debate e encontrou uma solução no próprio Zaha. O astro se tornou um apoiador da equipe feminina e fará uma doação para ajudar as atletas diante das dificuldades.

LEIA TAMBÉM:Premier League deverá realizar testes para utilizar o VAR a partir da próxima temporada

Em sua conta no twitter, o time feminino do Crystal Palace agradeceu publicamente Zaha: “Em um esporte no qual muitas vezes são exibidos sentimentos e comentários negativos, hoje somos inspiradas por um gesto impressionante de Wilfried Zaha. Demonstrou o real desejo de ajudar a desenvolver a ambição futebolística dentro do clube. Nosso obrigado mais sincero a um cavalheiro que sabe o que significa o CPFC”. O ponta replicou que “estava feliz por auxiliar”. Obviamente, há questionamentos sobre a atenção que o Palace dá às suas mulheres em relação aos homens, assim como sobre a viabilidade do time feminino dentro das receitas limitadas no setor, mas a generosidade do ídolo sobrepõe tais barreiras.

Zaha, que há alguns anos doa 10% de seu salário a instituições de caridade, tomou a iniciativa em relação às mulheres. Foi ele que contatou o clube para realizar uma “contribuição financeira substancial”, ajudando o desenvolvimento das jogadoras amadoras. O Crystal Palace atualmente disputa a segunda divisão do Campeonato Inglês feminino, mas vinha encontrando dificuldades para sustentar a sua estrutura na modalidade. Esta é a primeira temporada em que a elite feminina da modalidade na Inglaterra possui uma liga totalmente profissional. O objetivo imediato das Águias é conquistar o acesso. Agora, terão um pouco mais de condições.

Crescido na região do Selhurst Park, Zaha chegou ao clube quando tinha 12 anos e, com quase 300 partidas disputadas, foi eleito o melhor jogador do time nas últimas três temporadas. “Todo mundo sabe o que o Crystal Palace significa a Wilf. Ele quer dar para a próxima geração de jogadoras do Palace Ladies as mesmas oportunidades que teve quando saiu das categorias de base”, apontou ainda a equipe feminina. O ponta, que teve uma passagem frustrada pelo Manchester United no início da década, recusou ofertas de Chelsea, Everton e Tottenham durante a última janela de transferências. Pode justificar o seu carinho pelas Águias de uma maneira ainda mais contundente que os gols.